Márcio rebate nota do Uber sobre projeto que regulamenta transporte individual de passageiros por meio de aplicativos

Márcio Cruz é líder do PSD na Câmara - Foto: Érika Fonseca.

Ao fazer uso do Pequeno Expediente, na sessão ordinária desta quarta-feira, 16, o vereador Márcio Cruz (PSD) lamentou e rebateu a nota divulgada pela empresa Uber sobre a aprovação do projeto de lei 204/2018, de autoria do Executivo, que regulamenta atividade de transporte individual de passageiros por meio de aplicativos. De acordo com o parlamentar, a matéria foi amplamente debatida e construída de forma consensual.

“Trouxemos o debate para esta Casa, e depois que a prefeitura mandou o projeto, nós fizemos um consenso para atender aos motoristas. Essa construção começou há mais de dois anos nesta Casa, onde recebemos todas as categorias envolvidas e de forma consensual a matéria foi aperfeiçoada através de seis emendas da Comissão. Portanto lamentar a nota do Uber, quando diz que a Câmara Municipal piorou a matéria do prefeito, e que vai prejudicar 10 mil trabalhadores com a burocracia. Ela não está sendo honesta, pois nós retiramos a burocracia, como a exigência da Certidão Negativa.”, ressaltou.